sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

O que deviamos propor ao Senhor em 2009?

Muitos tem resistencia com a palavra voto, no entanto o que coloco aqui não é o sentido em que muitas igrejas e lideres dão (troca com Deus) a palavra voto que coloco aqui é no seu sentido mais original e puro, não sugerindo e nem impondo barganhas, mas voto aqui significa proposito, promessa, aliança.


Vamos buscar isso do Senhor nesse ano que entra e para sempre até que Ele volte?


CINCO VOTOS QUE DEVÍAMOS FAZER NÃO SOMENTE PARA 2009,
MAS ATÉ QUE ELE VOLTE!
ESCREVER EM NOSSO PRÓPRIO SANGUE,
VIVER INTENSAMENTE ENQUANTO O SERVIMOS AQUI!


1º VOTO – TRATARMOS SERIAMENTE COM O PECADO

O pecado é ainda o mesmo antigo inimigo da alma. Ele nunca foi alterado.
Todo pecado conhecido deve ser nomeado, identificado e repudiado, e que devemos confiar em Deus para nos libertar dele, para que não exista qualquer pecado consciente, deliberado em qualquer parte de nossa vida.
"A alma que pecar, essa morrerá" (Ez 18. 4, 20).


2º VOTO – NÃO SEJA DONO DE COISA ALGUMA


Devemos ser libertos do senso de possuir. Esse senso de posse é o que nos embaraça.
Esse senso de "isto é meu!" é muito prejudicial para o espírito. Se puder livrar-se disso, para que não tenha mais o sentido de posse sobre qualquer coisa, você sentirá grande liberdade em sua vida.



3º VOTO – NUNCA SE DEFENDAS

Se você entregar sua defesa a Deus, então Ele o defenderá.Sua reputação é o que os outros pensam que você é, e se surgir al­guma história sobre você, a grande tentação é tentar correr para acabar com ela. Se se voltares completamente ao Senhor, Ele o defenderá completamente e providenciará para que ninguém lhe cau­se dano.
"Serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários" (Ex 23.22).



4º VOTO – NUNCA PASSE ADIANTE ALGO QUE PREJUDIQUE Á ALGUÉM

"O amor cobre multidão de pecados" (1 Pe 4.8). O fofoqueiro não tem lugar no favor de Deus. Se você sabe alguma coisa que possa vir a obstruir ou ferir a reputa­ção de um dos filhos de Deus, enterre-a para sempre. Busque um pequeno jardim, atrás da casa - um lugarzinho em alguma parte - e, quando alguém se aproximar de você com alguma história de maledicência, leve-a até ali e sepulte-a, dizendo: "Aqui jaz em paz a história sobre meu irmão". Deus tomará conta daquela história. "Com o critério com que julgardes, sereis julga­dos" (Mt 7.2).

5° VOTO – NUNCA ACEITE QUALQUER GLÓRIA

É muito natural, diria eu, que as pessoas esperem que talvez seu serviço cristão lhes dê uma oportunidade de demonstrar seus talentos. Verdadeiramente querem servir ao Senhor, mas também querem que os demais saibam que estão servindo ao Senhor. Elas querem ter reputação entre os santos. Este é um terreno muito perigoso: buscar repu­tação entre os santos. Já é ruim o bastante procurar reputação no mundo, mas é pior procurar reputação entre o povo de Deus. Nosso Senhor desistiu de Sua reputação, e devemos fazer isso também.
"O amor cobre multidão de pecados" (1 Pe 4.8).


ESSES CINCO VOTOS NECESSITAM SER ESCRITOS EM NOSSO PRÓPRIO SANGUE
A coisa mais simples possível é apresentar uma mensagem como esta. O realmente di­fícil é pôr isso em prática em nossa própria vida. Relembre que esses cinco votos não são alguma coisa que se deva escrever na capa da Bíblia para, depois, esquecê-los. Necessitam ser escritos em nosso próprio sangue. Têm de ser votos finais, irrevogáveis. Ficarem apenas na superfície não é suficiente. Muito de nos­sa consagração é assim, apenas superficial. Não pode ser assim. Não! Que esses votos venham das profundezas de seu coração, das maiores profundezas de seu espírito.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...